sexta-feira, 28 de maio de 2010

outrora eu não te desejei assim...

eu vi-te sempre como uma criança.
como uma amigo.
como um porto de abrigo, ver-te hoje em dia como um FRUTO proibido é estranho por demais.
é estranho o desejo de estar apenas ao teu lado (...)
é estranho querer sorrir pra ti sem qualquer motivo obvio :$
é tão estranho querer beijar-te, estar nos teus braços, sentir a tua segurança
eu sei que não foi por mal, eu sei.
também sei que sentes o mesmo que eu, por mais que o negues, tu sabes que também me queres beijar, e só não o admites por seres cobarde.
tu não tens culpa esta na tua pele, todos os homens têm um pouco de cobardes em si, e tu não és excepção...
eu só não percebo se eu te amo, se tu me amas.
porque é que não dá ?

Sem comentários:

Enviar um comentário

About me