quinta-feira, 10 de junho de 2010

posso dizer que foste o unico.

Posso dizer que sim.
que foste o unico ate agora que me fez sentir isto...
eu sempre fui sincera contigo, e quando te beijei, ohh meu deus esse foi o meu maior erro.
mas acredita que ainda hoje sinto os teus lábios á noite, e todos os dias ao acordar é o teu perfume que eu sinto, é o teu odor que tenho entranhado em mim.
Eu tinha medo de te o dizer e quando tu me perguntas-te eu neguei-te lembras-te?
tu perguntas-te se te amava e eu neguei (...) será que foi esse o meu maior erro contigo?
Todos os dias me pergunto, " se eu antes de o beijar lhe tivesse dito eu amo-te?" .
será que tinha tudo mudado ali? será que nem tinha-mos chegado a curtir? será que me terias agarrado daquela maneira? tenho tantas perguntas.
mas sabes? tenho poucas ou nenhumas respostas.
Acabei por me apaixonar... sim, eu!
eu sei que errei muito, sei que a minha fama não é das melhores...
sei que tenho fama de puta, de pchenga, de rodada (...) entre muitas coisas, mas sabes bem que nenhuma delas é verdade, a maioria das coisas que dizem são mentira
eu sei que até tenho fama de curtir com um em cada dia, e eu pergunto porque?
porque?! qual é o vosso problema comigo? porque é que têm de mentir a cerca de mim? porque é que me atribuem imensos namorados sabendo que nem um terço deles existem?!
Eu tenho pena de vocês, mas acima de tudo, tenho vergonha de saber que existem pessoas como vocês...
Sabem porquê?!
porque graças á fama que me atribuiram, não estou com a pessoa que amo.
devo-vos um enorme obrigado por isso.
mas eu não vou desistir, porque ele foi o UNICO a fazer-me conjugar o verbo amar,
no preterito mais que perfeito +.+

posso dizer que foste o unico.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

cansei-me de lutar só por ti.

Estou farta. sim cansei-me, já não tenho vontade de me mexer, de sorrir, não tenho vontade de ir a festas e me divertir(..) Mais uma vez. Mais uma ilusão, mais um cabrão. Mais um desses que dizem amar, que nos fazem promessas eternas, que nos dizem levar á lua, que nos garantem que o que sentem por nós é amor, e no dia seguinte seguem a sua vida, e correm para outra pchenga qualquer. Eu dou os parabéns a todos esses cabrões, a toda essa gente que gosta de mandar os outros a baixo. Essa gente que nem feliz é e que agem como se tivessem o rei na barriga, eu digo que não têm nada. Gente fraca, gente reles, que adora fazer da sua felicidade a tristeza dos outros. Mas sim eu também tenho a culpa, eu tinha um amor de contos de fadas, tinha tudo o que podia desejar, tinha alguém que me fazia feliz e eu nunca me aprecebi. eu tinha absolutamente tudo. Tinha alguém que me dava valor todos os dias e troquei essa felicidade a que eu nunca dei valor, por um amor que só eu sentia, e que só eu é que lutava por ele. Tu ? falavas-me mal, trataste-me sempre abaixo de cão, fizeste-me ficar na merda. mas sabes? não preciso de ti, não preciso dos momentos quentes, nem dos beijos fogosos, se eles não passarem disso, fogo de vista. Não quero alguém que me ame numa noite e que no outro dia me desprese como se fosse lixo usado, pronto para ser reciclado. Eu vou lutar por um amor verdadeiro, vou lutar por alguém que me ame. vou lutar por mim.

quarta-feira, 2 de junho de 2010

estamos de novo em cheque mate.

mais uma vez não sei como seguiram as nossas vidas.
não sei se amanha estarás aqui comigo, nem sei se eu estarei.
eu gostava de estar, gostava que estivesses.
vai ser uma grande mudança não sei se já te deste conta, vamos deixar de estar aquele tempo todo juntas (...)
A turma vai mudar, as áreas que vamos seguir daqui para a frente serão cada vez mais distintas.
E cada vez mais nos vamos ver menos, vamos passar menos tempo juntas.
Sei que nem todos os dias vamos ter horários parecidos, nem sei se no dia de amanhã não terás uma "outra"
por saber que a nossa vida, que o nosso amor, que a nossa amizade está em cheque mate, resolvi escrever este texto.
Para que venhas aqui e o leias.
lembras-te das conversas? das quintas-feiras em tua casa á tarde? dos desenhos na mesa? das noites mal dormidas? dos abraços? das confissões? das lágrimas?
eu posso-te dizer que não quero repetir nada disto com mais ninguém.
Porque tu és sem duvida a melhor.
és sem duvida "aquela" menina, eu sempre soube que tu estavas lá, por muitas vezes que te tenha respondido mal, que tenha gritado contigo, mas eu sempre te dei o devido valor, eu sempre soube que tu eras mais que uma simples rapariga entre outras, porque tu não és mais uma entre mil tu és AQUELA entre mil.
podiam estar duas mil raparigas iguais a ti, um milhão até, mas sabes perfeitamente que bastava eu olhar-te nos olhos e saberia qual delas eras tu.
Sabes que de todas as vezes que grito que me zango contigo, que te digo coisas horríveis, e para teu bem.
sabes que nem sempre fazes as escolhas certas, e que muitas vezes sofres com isso.
mas também já deverias saber que eu só te deixo caír num erro uma vez, há segunda eu não o permito.
não permito que magoes esse teu coração de anjo tanta e tanta vez.
Custa-me ver isso.
E custa porque te amo.
Mesmo que a vida nos leve por caminhos totalmente distintos, e que no futuro só reste a memória de um amor para a vida eu tenho de te dizer hoje sofia.
EU AMO-TE MELHOR AMIGA do mundo inteiro +.+

About me