quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

over and over again

Não sei que promessa fizes-te, nem sei se existe uma promessa, sei que sofro todos os dias ao ver as coisas que publicas no teu facebook.
eu sei que ao ver isso sou só eu a sofrer, sei que provavelmente devia apagar tudo o que me faz lembrar de ti $:
Mas sabes, não consigo... se me perguntarem o porquê eu nao saberei responder, pelo simples motivo, que não sei o que sinto, o que senti, ou o que quero sentir.
Talvez por ser tudo muito recente, não sei,
Sei que o meu coraçao têm pedaços espalhados e estilhaçados por muitos sitios, e um desses sitios é a tua casa,
mas eu prefiro, ficar com o coração sem pedaços, do que voltar lá, por um único motivo, eu nunca te conseguirei dizer não, e tenho a perfeita nossao de que isso não é normal,.
Mas é o que eu sinto, sinto que não consigo mais, que para mim tudo acabou ,
e provavelmente acabou mesmo.
Mas eu não vou chorar mais por isso, e vou cumprir a promessa que fiz a todos aqueles que me apoiaram quando tu me mandas-te fora, e custe o que custar, eles vão orgulhar-se de mim, por eu me ter  levantado de novo de uma queda como estas,
Eu vou chorar, vou sofrer, e vou matar muita coisa em mim, para conseguir sorrir sem chorar, e um dia vou conseguir limpar o fundo da minha alma(...)
E pode não ser hoje, nem daqui a uma semana ou um mês, mas eu vou conseguir.

Sem comentários:

Enviar um comentário

About me