quinta-feira, 10 de junho de 2010

posso dizer que foste o unico.

Posso dizer que sim.
que foste o unico ate agora que me fez sentir isto...
eu sempre fui sincera contigo, e quando te beijei, ohh meu deus esse foi o meu maior erro.
mas acredita que ainda hoje sinto os teus lábios á noite, e todos os dias ao acordar é o teu perfume que eu sinto, é o teu odor que tenho entranhado em mim.
Eu tinha medo de te o dizer e quando tu me perguntas-te eu neguei-te lembras-te?
tu perguntas-te se te amava e eu neguei (...) será que foi esse o meu maior erro contigo?
Todos os dias me pergunto, " se eu antes de o beijar lhe tivesse dito eu amo-te?" .
será que tinha tudo mudado ali? será que nem tinha-mos chegado a curtir? será que me terias agarrado daquela maneira? tenho tantas perguntas.
mas sabes? tenho poucas ou nenhumas respostas.
Acabei por me apaixonar... sim, eu!
eu sei que errei muito, sei que a minha fama não é das melhores...
sei que tenho fama de puta, de pchenga, de rodada (...) entre muitas coisas, mas sabes bem que nenhuma delas é verdade, a maioria das coisas que dizem são mentira
eu sei que até tenho fama de curtir com um em cada dia, e eu pergunto porque?
porque?! qual é o vosso problema comigo? porque é que têm de mentir a cerca de mim? porque é que me atribuem imensos namorados sabendo que nem um terço deles existem?!
Eu tenho pena de vocês, mas acima de tudo, tenho vergonha de saber que existem pessoas como vocês...
Sabem porquê?!
porque graças á fama que me atribuiram, não estou com a pessoa que amo.
devo-vos um enorme obrigado por isso.
mas eu não vou desistir, porque ele foi o UNICO a fazer-me conjugar o verbo amar,
no preterito mais que perfeito +.+

Sem comentários:

Enviar um comentário

About me